Warning: Creating default object from empty value in /home/406716.cloudwaysapps.com/knvjzggrrd/public_html/wp-content/plugins/wptouch-pro/core/admin-load.php on line 107
De férias com o Argo Precision 1.8 automático

Data: 27/01/2020

De férias com o Argo Precision 1.8 automático

Por: Licinaira Barroso

Enfim, as merecidas férias chegaram! Hora de cair na estrada com a família e percorrer pouco mais de 500 quilômetros rumo às praias capixabas (sim, somos mineiros! Como você adivinhou, uai? Rsrsrs).

E lá fomos nós, dois adultos e dois adolescentes a bordo de um Fiat Argo Precision 1.8 automático. Mas antes de falar do desempenho na estrada, vou destacar algo que realmente me surpreendeu positivamente: o porta-malas do Argo.

 

Sim, os 300 litros de volume foram suficientes para acomodar toda a bagagem da família – e olha que, segundo o meu marido, eu costumo ser “muito generosa” na hora de fazer as malas, colocando mais roupas e sapatos do que precisa. Imagina…

Outro ponto positivo foi o capricho no interior do veículo. Acabamento primoroso com bancos em couro, ar condicionado digital, central multimídia e outras tecnologias embarcadas nos passavam a sensação de que as próximas horas seriam muito boas!

Então, não queríamos esperar mais! Todos a bordo e bora cair na estrada!

Mesmo estando um pouco pesado (lembra que eu não economizei na bagagem?), o Argo provou ter potência e força suficientes para proporcionar uma condução agradável. Seu motor E.torQ Evo 1.8L 16V  tem potência máxima de 139 cv a 5.250 rpm e torque máximo de 19,3 kgfm a 3.750 giros.

O volante tem boa pega e a direção, ao mesmo tempo em que é leve em manobras, passa muita firmeza e segurança em altas velocidades. Nas curvas mais acentuadas, a suspensão também se mostrou firme, mas sem comprometer o conforto! Aliás, a calibragem da suspensão é um ponto forte deste hatch.

A transmissão automática de seis velocidades casou bem com a motorização. A 120 km/h e em 6ª marcha, o giro permanece entre 2.500 e 3.000 giros. Em baixa, o motor é bem silencioso e suave. Em alta, o ronco é encorpado, do jeito que os italianos gostam!

Fizemos uma média boa de 10 km/l de etanol e 14 km/l de gasolina na estrada – lembrando que o carro estava levando “uns quilinhos” a mais do que seus 1.264 kg.

Depois de quase oito horas de viagem, finalmente chegamos ao nosso destino em Vila Velha!  Hora de tirar as malas e colocar o guarda-sol e as cadeiras de praia no Argo! Afinal, a viagem foi ótima, ninguém estava cansado e…estamos de férias!!!!

Compartilhe

Deixe o seu comentário