Warning: Creating default object from empty value in /home/406716.cloudwaysapps.com/knvjzggrrd/public_html/wp-content/plugins/wptouch-pro/core/admin-load.php on line 107
Food trucks: conheça os detalhes dos restaurantes móveis que conquistaram os brasileiros

Data: 26/02/2015

Food trucks: conheça os detalhes dos restaurantes móveis que conquistaram os brasileiros

Por: Da Redação

Se você mora em alguma cidade grande do Brasil certamente já deve ter visto ou pelo menos ouvido falar nos food trucks. Mania nos Estados Unidos e Europa, os restaurantes móveis chegaram há pouco tempo por aqui, mas já se tornaram um sucesso de público e sinônimo de boa comida.

Mas engana-se quem pensa que para ter um veículo desses basta colocar um fogão a gás e uma grande geladeira na cinquentona van da família e ganhar as ruas. É preciso que haja um padrão de qualidade que deve ser seguido para atender às normas exigidas de segurança, vigilância sanitária e boas práticas.

No entanto, hoje no Brasil, somente a cidade de São Paulo tem uma lei específica que regula o comércio de comida de rua. No Rio de Janeiro, a prefeitura regulamentou o serviço via decreto, mas a lei ainda não foi aprovada. Já em outras capitais, como Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e Fortaleza (CE), a lei está em tramitação.

foto 01

BATALHA GASTRONÔMICA

Se a legislação brasileira é lenta, o mesmo não acontece com a aceitação dos food trucks. Já há até reality show, como “Food Truck – A Batalha”, que estreia no próximo dia 2 de março (segunda-feira), às 19h30, no canal de TV a cabo GNT. A cada episódio, duplas se enfrentarão para vender seus pratos ao público nas ruas de São Paulo. O vencedor será o caminhão que vender mais comida – e ainda ficará com todo o dinheiro arrecadado pelos perdedores.

“Por serem equipados como uma cozinha completa com fogão, chapa e fritadeira industriais, forno elétrico, balcão refrigerado e frigorificado, os food trucks atenderam completamente à necessidade do projeto, que era variar chefs de cozinha e cardápio a cada episódio”, destaca Alcides Braga, sócio-diretor da Truckvan, responsável pela produção dos dois restaurantes móveis usados pelo programa para a disputa gastronômica.

foto caminhoes GNT

O PREÇO DA SEGURANÇA

De fato, os food trucks vieram para ficar. Mas afinal, quanto custa um veículo desses? E como é o seu funcionamento? Como garantir segurança com o uso do gás, eletricidade e água?

Segundo o sócio-diretor da Truckvan, um food truck completo custa em torno de R$ 190 mil e R$ 220 mil. Este custo envolve:

quadro

Braga explica que o sistema de abastecimento de gás dos seus food trucks é composto por dois botijões P-13, de 13 kg cada, que trabalham de forma simultânea. “Todo encanamento é metálico, contém registro, válvula de segurança e sensor que detecta qualquer tipo de vazamento. Para isso trabalhamos com projeto de instalação e o mais importante: ART”.

Para quem não conhece, a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) assegura à sociedade que essas atividades técnicas são realizadas por um profissional habilitado. “Neste sentido, a ART tem uma nítida função de defesa da sociedade, proporcionando também segurança técnica e jurídica para quem contrata e para quem é contratado”, completa Braga.

No que diz respeito à eletricidade, todos os food trucks da Truckvan possuem distribuição elétrica com quadro geral, disjuntores e circuitos dimensionados de acordo com a potência de cada equipamento interno. “A fonte de energia deve ser externa e nossos produtos possuem cabo elétrico de 25 metros com tomada para plugar nos locais de trabalho/operação”, lembra o sócio-diretor.

Já com relação à água, Braga conta que o sistema hidráulico dos restaurantes móveis é formado por duas caixas d’agua de aço inox, engate rápido para mangueiras e bomba automática para atender tudo isso. A capacidade varia de 80 a 100 litros, dependendo do chassi do veículo.

Galeria de Fotos

Compartilhe

Deixe o seu comentário