Data: 01/07/2016

New Fiesta ganha motor 1.0L de 125 cv de potência

Por: Licinaira Barroso, de Campinas*

Não, não há nenhum erro de digitação no título desta matéria. São realmente 125 cv de potência e o motor é, de fato, um 1.0 L. Trata-se do novíssimo EcoBoost, de três cilindros com turbocompressor, que passa a equipar, a princípio, uma das versões do New Fiesta. O hatch da Ford ainda manteve, na gama, versões como o motor 1.6 L Sigma, que também desenvolve 125 cv (quando abastecido com gasolina).

foto-capa

Mas, daí você poderia perguntar: se a potência é a mesma, qual é a vantagem do motor 1.0 para o 1.6? Primeiramente, o torque da versão turbinada é maior e aparece já em baixas rotações: 170 Nm a partir das 1.400 rpm contra 155 Nm (gasolina) e 157 (etanol) a 4.250 rpm.

Além de mais forte, o motor 1.0 EcoBoost é mais eficiente, fazendo médias de 12,2 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada com gasolina, com nota A e Selo Conpet do Inmetro, órgão que classifica os motores quanto à eficiência energética no Brasil.

Ford EcoBoost

Pois é, a única desvantagem do novo motor três cilindros, é que, ao contrário do 1.6 Sigma, ele não é flex. Ou seja, só funciona com gasolina. E a diversão de poder pisar fundo e ter resposta imediata devido ao turbocompressor, fazendo de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, custa para o bolso, R$ 1.300,00, que é a diferença da versão 1.0 para a 1.6.

LINHA COMPLETA

Com a chegada da nova versão turbinada, a linha do New Fiesta ficou assim:

VERSÃOMOTORCÂMBIOPREÇO
SE1.6 L FlexManual 5 marchasR$51.990,00
SEL1.6 L FlexManual 5 marchasR$58.790,00
SEL1.6 L FlexAutom. Seq. 6 vel.R$64.990,00
TITANIUM1.6 L FlexAutom. Seq. 6 vel.R$70.690,00
ECOBOOST TITANIUM1.0 L GasolinaAutom. Seq. 6 vel.R$71.990,00

 

O New Fiesta SE, com motor 1.6 Sigma e transmissão manual de cinco velocidades, traz itens como ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros, travas e espelhos elétricos, alarme volumétrico, som MyConnection geração 3 e computador de bordo, por R$51.990.

A versão SEL, com motor 1.6 Sigma e câmbio manual ou sequencial, acrescenta controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac), assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas, sistema de conectividade SYNC com comandos de voz, AppLink e Assistência de Emergência, ar-condicionado digital, vidros elétricos dianteiros e traseiros com fechamento global e chave de segurança MyKey. Sai por R$58.790 com transmissão manual e R$64.990 com a sequencial.

????????????????????????????????????

A versão Titanium disponível com motor 1.6 e transmissão sequencial custa R$ 70.690 e traz 7 airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), sistema de partida sem chave Ford Power, chave com sensor de presença, bancos de couro, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, espelho retrovisor eletrocrômico, piloto automático e ar-condicionado digital. Tem também sistema de conectividade SYNC com comandos de voz, AppLink para acesso a aplicativos de smartphones e Assistência de Emergência

E, finalmente, a novíssima versão EcoBoost Titanium também está disponível apenas com transmissão automática sequencial de seis velocidades e dispõe da mesma lista de itens de série da anterior. Só o preço que é um pouco mais salgado: R$71.990.

Com isso, a versão com motor 1.5 da linha New Fiesta deixa de ser oferecida para vendas no varejo.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Durante a apresentação do New Fiesta EcoBoost Titanium para a imprensa especializada, tivemos a oportunidade de acelerar o novo hatch da Ford nas estradas paulistas e também no autódromo Velo Città, em Mogi-Guaçu (SP).

foto-00

De fato, apesar de oferecer a mesma potência da versão 1.6 quando abastecida com gasolina, a versão de três cilindros tem mais torque em baixa e respostas mais rápidas nas retomadas de velocidade, proporcionando mais prazer ao volante.

foto-02

Na estrada, o modelo realizou ultrapassagens com total segurança, e no autódromo provou que tem estabilidade, apesar dos pneus verdes. Enfim, o New Fiesta Ecoboost 1.0 realmente agrada. Agora só resta saber se o consumidor vai estar realmente disposto a pagar mais de R$ 70 mil pelo modelo!

*A jornalista viajou a convite da Ford do Brasil

Compartilhe

Deixe o seu comentário